Governo do Distrito Federal
3/01/22 às 17h58 - Atualizado em 3/01/22 às 18h08

Turistas movimentam cidade no primeiro domingo de 2022

Zoológico e Torre de TV levam pessoas de fora de Brasília a buscar espaços ao ar livre. Brasília foi apontada entre os dez destinos preferidos para o Verão 2022 por pesquisa do portal de vendas de pacotes turísticos Max Milhas. Cerca de um milhão de pessoas são esperadas neste período.

 

Tempo ocasionalmente nublado não impediu a fila no mirante da Torre de TV. Fotos: Lúcio Bernardo Jr

 

A cidade está muito movimentada neste início de ano. Quem passou pela Torre de TV e o Zoológico na manhã deste domingo, pode ver uma boa movimentação de turistas. Os viajantes visitarem os pontos turísticos da cidade e comprovaram a expectativa de uma atração de um milhão de pessoas para o Verão na cidade.

 

Várias são as razões para que Brasília figure entre as preferências dos brasileiros. A cidade já tinha sido escolhida por uma pesquisa do Google como a terceira capital preferida como destino pelos brasileiros. Em dezembro, a plataforma de vendas de pacotes turísticos Max Milhas divulgou um novo levantamento, listando Brasília entre os dez destinos preferidos para o verão deste ano, a segunda cidade sem praia, superando Natal e Maceió.

 

A movimentação chegou a gerar filas na entrada do Jardim Zoológico de Brasília e na subida para a Torre de TV, o que se estendeu para o Complexo BRB, com pista de patinação no gelo, e para a feira.  Diversos pontos turísticos fechados no feriado de sábado (1°) foram reabertos no segundo dia do ano, garantindo o lazer de quem mora ou passeia pela cidade.

 

“Vários fatores levam a essa procura por Brasília. Fizemos muitas entregas ao longo deste ano. Nossa cidade figura em uma lista mundial de cidades tombadas pela Unesco como a oitava mais instagramável do mundo. Além disso, estamos oferecendo testes gratuitos contra a Covid-19 no desembarque do Aeroporto JK, no Centro de Atendimento ao Turista, numa parceria com a secretaria de Saúde e isso demonstra que somos uma cidade segura”, justifica a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

 

Ar livre


A dona de casa Ruth Lina, 34 anos, circulava pelo zoo com o marido, os dois filhos e seis amigos. Ela é de Goiás e mora há um ano na cidade. A escolha para sair de casa e levar o grupo de visitantes para ver os animais tinha uma razão clara, além de divertir as crianças, contou: “fugir dos lugares fechados e aproveitar [o entretenimento] ao ar livre”.

De acordo com a equipe de portaria do parque, a fila de entrada era tímida para um domingo de manhã. No estacionamento ao longo da pista que circula o espaço, porém, era nítida a grande movimentação de carros.

 

Conhecer e ver os bichos mais de perto foi uma experiência inédita para Gabrielle Oliveira Lago, 38 anos, que mora em São Luís (MA) e, de passagem Brasília, resolveu apresentar o zoo aos dois filhos, Yan e Ysis. Ela também estava em um grupo grande que incluía mãe, marido, cunhada e concunhado. O risco de chover não desanimou essa turma a sair de casa. “A gente orou bastante para o tempo se manter firme enquanto a gente estivesse aqui”, disse.

 

Passeios


O medo de chuva também passou longe das amigas Michelle Mameluka, 41, Mariana Oliveira, 35, e Maria Tereza Cerra, 42. As três saíram de Montes Claros (MG) para passar o réveillon em Brasília e estavam animadas para circular pela feita da Torre de TV. A ideia era não se manter em quarto de hotel enquanto estivessem na cidade – com ou sem sol. “E mineiro tem medo de chuva?”, brincou Michelle. “Para nós, isso não é impeditivo algum”.

 

Quando a noite chegar, a expectativa e movimento cresce com um outro público disposto a conhecer as atrações do Brasília Iluminada, projeto do Governo do Distrito Federal (GDF) que transformou a Esplanada dos Ministérios e o Eixo Monumental em um show de luzes e cores e tem recebido muitos visitantes no período da noite.

 

Asas abertas


“O Brasília Iluminada ressignifica a cidade e mostra uma Brasília humana, acolhedora, que está de asas abertas para receber brasileiros e estrangeiros”, afirma Vanessa Mendonça. Segundo a secretária de Turismo, “toda essa movimentação na Capital Federal no primeiro domingo do mês em pontos turísticos, mostra que o trabalho que vem sendo realizado em nossa gestão, com o apoio do governo Ibaneis Rocha de forma integrada, está de fato ressignificando e dando um novo olhar para o Turismo.”

 

Vanessa Mendonça lembra que Brasília é o terceiro polo da gastronomia nacional e o quarto polo em hospedagem rural. “A Embratur classificou nossa Rota do Rock como “case” nacional de turismo. De acordo com o Ministério do Turismo, estamos entre os cinco melhores destinos de águas do país com o Lago Paranoá. Temos o maior parque urbano do mundo e um dado que as pessoas só descobrem se subirem na Torre de TV, é que a fonte luminosa de lá é a maior da América Latina e uma das dez maiores do mundo, com os jatos d’água atingindo 60 metros de altura”, informa a secretária de Turismo do DF.