Governo do Distrito Federal
19/02/22 às 18h41 - Atualizado em 21/02/22 às 15h25

Setur anuncia Rota Brasília sobre Rodas para março

Evento de lançamento contará com passeio liderado pela secretária Vanessa Mendonça com as LadiesHarley, na Semana da Mulher

 

Marcela Costa e Silva, Vanessa Mendonça e Kátia Monteiro: passeio em homenagem às mulheres. Foto: Renato Braga Setur/DF

 

O tão aguardo circuito para atender uma antiga solicitação dos motociclistas do Distrito Federal já tem dia para se tornar conhecido e experimentado: 12 de março. A data foi definida na manhã deste sábado, pela secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, com representantes do grupo feminino sobre rodas Ladies of Harley Brasilia Chapter, Kátia Monteiro e Marcela Costa e Silva. Elas se encontraram durante o evento de lançamento da nova coleção da Harley-Davidson, na loja especializada da marca, na Asa Norte.

 

“Vamos transformar Brasília na Capital do Motociclismo”, disse Vanessa Mendonça. Segundo ela, o guia sobre duas rodas vai mapear a cidade para promover o turismo em parceria com os motociclistas. “Eles definiram para nós os pontos turísticos do segmento”, completou a gestora da Setur/DF. “Nós já estamos apoiando e fomentando dois grandes eventos de duas rodas na cidade, o Brasília Moto Festival (BMF) e o Capital Moto Week”, lembrou Vanessa.

 

A empresária goiana Marcela Costa e Silva, diretora da loja Harley-Davidson de Brasília, disse que o motociclismo tem um espírito de liberdade e que Brasília é uma cidade propícia para esta modalidade de transportes, por seu espaço aberto e pistas largas. Ela considera que um circuito específico para a modalidade vai ajudar a trazer mais visitantes à Capital. “Eu acho que não podia ter um lugar melhor para se criar um circuito desse. Primeiro, porque Brasília é muito central. Quando a gente faz os eventos, e o maior evento de motociclismo do Brasil está aqui, o Capital Moto Week, a gente traz pessoas do Brasil inteiro e até de fora. A localização da cidade facilita a chegada de motociclistas de fora. É um programa muito bem-vindo”, pontua Marcela, que lidera um grupo de motociclistas mulheres, o Ladies of Harley BrasiliaChapter, “o segundo maior do Brasil”, completa a empresária.

 

Vanessa Mendonça e Marcela Costa e Silva: cidade foi mapeada para promover o turismo sobre rodas. Foto: Renato Braga Setur/DF

 

MINIGUIA


Leonardo Soares, diretor do Harley Owners Grup (HOG) Brasília Charper, com mais de 300 associados no DF, afirma que é muito interessante um projeto que possa atrair turistas do segmento motociclístico, com uma rota específica. “Todo mundo que compra uma moto HD se torna afiliado de um HOG. Quando estamos divulgando um evento, todos os HOGs são informados. Esses grupos estão em todos os estados brasileiros. Então, uma rota sobre rodas vai repercutir bem e, com certeza, atrairá muitos turistas do segmento para Brasília”, disse o motociclista.

 

“O miniguia servirá para orientar tanto os motociclistas do DF, que são muitos, como oferecer sugestões de passeios e diversão turísticos aos que nos visitarem”, explicou Vanessa Mendonça. Ela explicou que “todas as nossas rotas, elaboramos com participação do segmento envolvido. Isso é uma determinação do governador Ibaneis Rocha, desde que assumi a Secretaria de Turismo”, informou a secretária.

 

Segundo as estatísticas do Detran, o número de motos cresceu 44% no DF, em 2021. Hoje, já são 439.156 motocicletas em circulação. Isso corresponde a 14% da população do Distrito Federal, que conta com a sexta maior frota de motocicletas do Brasil.