Governo do Distrito Federal
23/03/22 às 10h30 - Atualizado em 1/06/22 às 11h23

Saiba mais sobre uma das cidades mais charmosas do Distrito Federal em uma série de vídeos

Diretora da Escola Técnica do Guará, Gisele Caloví, secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, e a secretária executiva do Codese-DF, Rosane do Vale. Foto: Cláudio Gerber Setur/DF

 

Um lindo parque vivencial e ecológico, a mais famosa feira do Distrito Federal, um novíssimo polo hoteleiro, excelentes opções gastronômicas, uma comunidade cultural pujante, tudo isso em uma cidade arborizada, de tom bucólico, mas conectada com o que há de mais moderno: este é o Guará.

 

A cidade, nascida em um mutirão, é um excepcional destino turístico para quem vem à capital. E é possível conhecê-la melhor pelo Youtube. Sua história e seus principais atrativos são contados em uma websérie disponível no canal do Hackacity Guará.

 

O Hackacity Guará é um programa realizado, em parceria com a comunidade, pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do Distrito Federal (Codese-DF) e fomentado pela Secretaria de Estado de Turismo do DF.

 

Os vídeos foram produzidos em 2021 e fez parte de uma ampla ação para tornar a cidade mais humana, acessível, sustentável e receptiva, seguindo os preceitos da Carta Brasileira para Cidades Inteligentes. Conheça mais o programa aqui: https://hackacity.com.br/

 

 

 

Assista

 

A iniciativa foi desenvolvida por guaraenses para trabalhar conceitos de cidade inteligente, integrar a comunidade e pensar soluções inovadoras e sustentáveis para a cidade. O primeiro episódio conta a história do território, desde a sua idealização até os dias de hoje. O material conta, ainda, como surgiu o nome, o processo de criação do Guará I e II e Lúcio Costa e como a cidade evoluiu para referência em qualidade de vida no Distrito Federal.

 

O segundo episódio da websérie destaca os atrativos que a cidade oferece a quem procura lazer, cultura e arte. Além da tradicional Feira do Guará, que reúne lojas, restaurantes e serviços, a cidade tem ótimas opções em turismo ecológico, religioso, cultural e de negócios. Sem falar na vantagem da localização estratégica: a cidade está próxima ao aeroporto e à rodoviária interestadual, a um dos melhores e maiores shoppings de Brasília e de um amplo complexo hoteleiro com ótima estrutura para eventos corporativos.

 

O terceiro episódio apresenta o Park Sul, um polo hoteleiro fora do eixo do Plano Piloto que é a opção mais inteligente para quem visita Brasília. A área é estrategicamente posicionada e de fácil acesso: são apenas 8 km até o aeroporto, 16 km até a Esplanada dos Ministérios e alguns metros até a Rodoviária Interestadual. Pensado para ser um bairro residencial completo e oferecer ao turista o que a Capital Federal tem de melhor, o Park Sul tem serviços básicos, comércio completo, cinemas, livrarias, serviços de saúde e muito mais.

 

A Feira do Guará é a estrela do quarto episódio. Nascida em 1969 como um local improvisado para comercialização dos produtos de pequenos agricultores, hoje a Feira do Guará é ponto de passagem obrigatória, tanto para turistas como para brasilienses. Ela reúne clássicos da culinária tradicional e regional brasileira, produtos frescos produzidos na região, as melhores peixarias, além de bancas de roupas, sapatos e outros itens. São mais de 600 bancas que recebem cerca de 40 mil visitantes por semana. Mercadão inteligente e acessível, o complexo de lazer, compras e gastronomia é de fácil acesso: tem estação do metrô que para na porta e amplo estacionamento. A Feira do Guará reflete a miscigenação cultural brasiliense e está sempre em busca da inovação, sem deixar de perder a tradição.

 

Conhecer a cultura local pelos sabores. Essa é a oportunidade que o Guará oferece a quem mora por lá e a quem visita a cidade. O quinto episódio da série temática sobre turismo do projeto “Hackacity Guará – Mutirão Cidade Inteligente” destaca a diversidade gastronômica que a cidade oferece. De bares despojados a restaurantes sofisticados, com pratos nacionais e internacionais, passando pela comida de rua. Assim é a gastronomia guaraense e lá você encontra na comida a diversidade cultural que é marca registrada de Brasília. Traíra sem espinha, carne de sol, baião de dois, caranguejada, culinária, italiana, japonesa e suíça. Tudo isso e muito mais na rota gastronômica do Guará!

 

Você sabia que o Guará tem um dos maiores teatros de arena a céu aberto do país que foi palco do primeiro show da banda Legião Urbana?! Pois foi lá que este ícone da cultura musical nacional e inúmeras outras bandas de rock e música brasileira nasceram e começaram a mostrar sua arte! O Teatro de Arena é apenas um dos diversos espaços em que se manifesta a efervescência cultural do Guará. Ele integra o Complexo Administrativo Vivencial e Esportivo (Cave), que também oferece estádio de futebol, kartódromo, skate parque, Casa de Cultura e muito mais. Além dos espaços físicos, a cidade tem uma cena multicultural de eventos e projetos, como a Geladeira do Livro, além de saraus, exposições, feiras e shows. Cultura forte, diversificada e pulsante é também essencial para que uma cidade seja inteligente e possa enfrentar os desafios do mundo moderno. Mostramos um pouco desta produção cultural no sexto episódio da série.

 

Cidade inteligente precisa da sua história contada e registrada. A música é uma das formas mais populares de registro histórico e no Guará essa trajetória é marcante, vanguardista e bem preservada. A cidade tem dois museus que retratam a evolução cultural pela música. O Clube Museu do Disco Vinil nasceu da paixão de uma moradora pelo long play (LP) e hoje é um espaço que reúne tesouros musicais de Brasília, do Brasil e do mundo! Já o Sindicato do Reggae está na vanguarda o ritmo no país. Fundado em 1980, foi o primeiro movimento regueiro fora do Maranhão e, no ano seguinte, foi o responsável pelo 1º Tributo a Bob Marley no Brasil.

 

O último episódio da sequência apresenta o Parque Ezequias Heringer que, entre diversos atrativos, concentra mais de 100 espécies de orquídeas catalogadas e uma densa e ativa fauna. Com mais de 306 hectares, amplo estacionamento e fácil acesso, o parque ecológico é uma excelente opção para quem busca lazer em meio à natureza exótica do Cerrado. O nome homenageia o professor convidado por Juscelino Kubitschek para criar a Faculdade de Agronomia da UNB. Morando na região do Guará, Heringer descobriu a variedade das orquídeas, as diferentes paisagens de Cerrado, a flora e a população animal.

 

O Hackacity Guará

 

A Carta Brasileira de Cidades Inteligentes, marco das “smartcities” no Brasil, pactua a visão sobre “cidades inteligentes” no contexto brasileiro. A construção das diretrizes para implementação de “cidades inteligentes” pelos municípios busca orientar e endereçar políticas públicas, iniciativas e investimentos públicos.

 

Da elaboração desta carta, nasceu o projeto Hackacity Guará – Mutirão Cidade Inteligente, que conta com o apoio do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico (Codese) do Distrito Federal e do Instituto Brasileiro de Cidades Humanas, Inteligentes, Criativas e Sustentáveis – IBRACHICS.

 

A iniciativa visa a criação de um programa para tornar o território mais inclusivo, seguro, resiliente e sustentável. Além da infraestrutura tecnológica como plataforma aberta, existe a conexão com o lado humano das cidades inteligentes.

 

O Mutirão Cidade Inteligente é formado pela comunidade. São moradores, lideranças, comerciantes, artistas, professores, empresários e políticos pensando junto ao governo na busca por soluções criativas e inovadoras para as cidades.

 

Todas as atividades realizadas durante o Festival Hackacity Guará – Cidade Inteligente foram gravadas e os vídeos estarão disponíveis no canal do Projeto no Youtube. Lá também é possível assistir as lives realizadas refletindo o Guará através da Carta Brasileira para Cidades Inteligentes e à websérie que destaca todas as potencialidades da cidade como rota turística no Distrito Federal. A série é um retrato do Guará, desde a sua criação até os dias de hoje, que revela a evolução da cidade e suas características tradicionais.