Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/05/13 às 16h28 - Atualizado em 8/05/13 às 16h32

Vivo Open Air de volta a Brasília

COMPARTILHAR

Evento traz maior telão a céu aberto para apresentar pré-estreias e clássicos do cinema no Pontão do Lago Sul

A partir desta quarta-feira (8), o público brasiliense poderá conferir a volta do Vivo Open Air à Capital Federal. Após oito anos de pauta, o evento está novamente em Brasília com uma estrutura gigantesca para apresentação de clássicos do cinema, no Pontão do Lago Sul. Na programação, que segue até 19 de maio, pré-estreias como “O casamento do ano”, com Robert De Niro, e o infantil “A fuga do Planeta”, além dos tradicionais “Taxi Driver” e “Curtindo a Vida Adoidado”.

Os títulos do cinema mundial serão exibidos em um telão com 350 metros quadrados, equivalente a uma quadra de tênis. O equipamento possui 72 toneladas e veio direto da Suíça, de navio. Seguido o diretor da iniciativa, Renato Bayngton, o cenário fica ainda melhor com a paisagem única da cidade. “O céu de Brasília dá um charme a mais para o evento. Entre todos os locais que passamos, esta cidade se destaca por tamanha beleza”, disse. “Escolhemos lugares charmosos para montar a tela. Nesse quesito, Brasília é campeã.”

Para agitar a noite brasiliense, nas sextas e sábados do Open Air acontecerão shows com bandas nacionais e locais. Na primeira sexta-feira, dia 10 de maio, Baby do Brasil sobe ao palco com seus sucessos da carreira solo e dos Novos Baianos. No sábado, dia 11, o samba toma conta do Pontão do Lago Sul com o Samba de Santa Clara, bloco carioca surgido para homenagear Jorge Ben Jor. Na segunda semana, é a vez de Casuarina convidar Teresa Cristina para sambar, no show que originou o DVD “10 anos de Lapa” da banda, na sexta-feira, enquanto um dos maiores nomes atuais da cena pop de Brasília anima o sábado, Móveis Coloniais de Acaju.

PROGRAMAÇÃO

» Amanhã, às 20h – Pulp Fiction – Tempo de Violência, de Quentin Tarantino.

» Quinta, às 20h – Terapia de Risco, de Steven Soderbergh. A Onda Traz, o Vento

Leva, de Gabriel Mascaro. O Duplo, de Juliana Rojas.

» Sexta, às 20h – As Aventuras de Pi, de AngLee. Menino Peixe, de Eva Randolphde.

» 22h – Baby do Brasil

» Sábado, às 21h – Curtindo a Vida Adoidado, de John Hughes. Linear, de Amir Admoni

» 23h – Samba de Santa Clara

» Domingo: 18h – ET o Extraterrestre, de Steven Spielberg

» 20h30 – Massacre da Serra Elétrica – A Serra Continua, de John Luessenhop

» Dia 15: 20h – Django Livre, de Quentin Tara ntino

» Dia 16, às 20h – Ferrugem e Osso, de Jacques Audiard. Angeli 24h, de Beth

Formaggini. Na Sua Companhia, de Marcelo Caetano

» Dia 17, às 20h – O Casamento do Ano, de Justin Zackham. Com Vista Para o Céu, de Allan Ribeiro

» 22h – Casuarina e Teresa Cristina » Dia 18, às 21h – Taxi Driver, de Martin Scorsese. A Mão Que Afaga, de Gabriela Amaral Almeida

» 23h – Móveis Coloniais de Acaju

» Dia 19, às 18h – A Fuga do Planeta Terra, de Cal Brunker

» 20h30 – Gremlins, de Joe Dante » Serviço

* Vivo Open Air – De 8 a 19 de maio. No Pontão (Lago Sul). Ingressos a partir de R$ 40 (inteira). Informações: 3364-0580. A classificação indicativa varia de acordo com a programação.