Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/11/13 às 19h38 - Atualizado em 11/10/17 às 16h45

TV uruguaia acompanha os preparativos de Brasília para a Copa do Mundo

COMPARTILHAR

Imagens da cidade serão veiculadas no programa Antesala, que mostra como os turistas serão recebidos durante o mundial

Os jornalistas Julio Alonso e Williams Ledesma desembarcaram neste final de semana em Brasília para retratar como tem sido a preparação da cidade para receber sete jogos da Copa do Mundo em 2014. Representantes de uma emissora uruguaia, os repórteres acompanham as obras e melhorias que são feitas no centro da Capital Federal para atender as 600 mil pessoas que deverão passar pela região durante o Mundial.

O programa gravado na cidade é tradicional da Copa do Mundo desde 1962, quando o campeonato de futebol foi sediado no Chile. Intitulado “Antessala”, o projeto tem por objetivo adiantar aos torcedores o que encontrarão ao chegar no destino escolhido para assistir às partidas de futebol.

Em Brasília, a dupla de jornalistas passou pelas obras a Torre de TV, Estádio Nacional e abordou temas relacionados à capacidade hoteleira, mobilidade urbana, atendimento ao turista e programação cultural.

Além dos preparativos, a matéria irá apresentar os pontos turísticos e de lazer que a capital brasileira oferece. Neste contexto, entraram locais como o Lago Paranoá, a Praça dos Três Poderes e os parques Nacional de Brasília (Água Mineral) e Sarah Kubitschek (Parque da Cidade), onde gravaram aulas de percussão, as atrações do Nicolândia Center e a movimentação de pessoas aproveitando a tarde de domingo para caminhar, pedalar ou apenas descansar.

“Nos momentos de lazer, o local para encontrar diversão é aqui, no Parque da Cidade. Este é o maior parque urbano do mundo e está aqui, no Brasil, mais precisamente em Brasília”, disse Julio em uma das tomadas gravadas.

A equipe do Uruguai voltará a Brasília durante a Copa para mostrar as partidas de futebol e rever os pontos turísticos abordados nesta primeira edição para mostrar como as pessoas irão usufruir dos espaços propostos.