Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/11/13 às 19h19 - Atualizado em 11/11/13 às 16h25

Setur-DF promove Brasília em definição de sede da Universíade 2019

COMPARTILHAR

Com apoio da Embratur, estande de Brasília destaca diferenciais da capital do Brasil

No próximo dia 9 de novembro será anunciada a sede dos Jogos Olímpicos Universitários – Universíade 2019, segundo maior evento poliesportivo do mundo. Brasília concorre com Budapeste, capital da Hungria, para receber a competição que reúne, a cada dois anos, cerca de 12 mil atletas universitários, entre 17 e 28 anos, de todo o mundo.

Nesta quarta-feira (7), a comitiva composta por 55 pessoas do Governo Federal, Governo do Distrito Federal, atletas, entidades esportivas e iniciativas privadas começou uma grande ação para mostrar aos membros da Federação Internacional de Desporto Universitário (Fisu) que Brasília está pronta para receber mais este grande evento esportivo.As ações contará com o apoio do Ministério do Turismo por meio do Instituto Brasileiro de Turismo (Emnbratur).

Responsável por coordenar as ações promocionais da capital do Brasil durante a Assembleia da Fisu, a secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) abriu oficialmente o estande que promoverá Brasília durante os três dias de evento.

“Estamos preparados para mostrar aos membros votantes que Brasília é o local ideal para receber os jogos olímpicos universitários, não apenas pela sua infraestrutura, mas pela possibilidade deles realizarem o evento em um patrimônio da humanidade que é único no mundo”, disse Luís Otávio Neves, secretário de Turismo do DF.

Montado com o apoio do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) o estande receberá membros da Fisu, visitantes, agentes e operadores de viagem e a imprensa local especializada em turismo. Haverá distribuição de guias com informações turísticas e culturais da capital federal e livro do Ministério do Esporte voltado para o Programa Segundo Tempo, que promove ações para que haja inclusão social por meio do esporte, além da entrega de brindes e souvenir a todos os visitantes.

“O estande de candidatura do Brasil por meio de sua capital Brasília é fundamental, pois concretiza a capacidade da cidade em representar-se no exterior. Trouxemos o patrimônio histórico de Brasília, material promocional e a cultura brasileira, que poderá ser vista ao longo desses três dias. Temos a certeza que o profissionalismo e a espontaneidade brasileira influenciarão positivamente na candidatura de nossa cidade”, disse Flávia Malkine, subsecretária de fomento e eventos estratégicos da Setur-DF.

Outra ação promocional será a apresentação de grupos de capoeira, samba e maracatu, que mostrarão a riqueza cultural do país e sua capital, que reúne um pouco do que cada região do país tem a oferecer.

Captação Conjunta

Antes da abertura oficial do estande a comitiva do Brasil se reuniu para alinhar as ações e o papel de cada pessoa na defesa final de Brasília para sediar a Universíade. Dentre os diferenciais da capital brasileira está a proposta de inserir, além das 17 modalidades obrigatórias, o futebol de areia, futsal, triatlo, vela e vôlei de praia.

“Viemos de um longo trabalho para estruturação deste projeto que fará de Brasília um novo pólo esportivo internacional. Estamos muito otimistas e confiantes na escolha da nossa cidade”, declarou o secretário de Esporte, Julio Ribeiro.

A próxima edição, em 2015, terá como sede a cidade de Gwangju, na Coreia do Sul. Dois anos depois, a Universíade será realizada em Taipei (Taiwan). Brasília havia se candidatado a receber os jogos de 2017, mas perdeu por dois pontos para Taipei.

 

Mais fotos