Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/06/19 às 10h09 - Atualizado em 5/06/19 às 10h28

Secretaria de Turismo, Sebrae-DF e Sindeventos trabalham para impulsionar a captação de eventos

COMPARTILHAR

 

Primeira oficina do Investe Turismo reúne trade em Brasília

 

 

Aumentar a quantidade de grandes eventos realizados na capital federal para impulsionar e economia por meio do Turismo e melhorar a posição de Brasília no ranking do International Congress and Convention Association (ICCA). Esse é o objetivo da 1ª Oficina Participativa de Turismo e Negócios e Eventos, promovida pela Secretaria de Turismo, pelo Sebrae/DF e pelo Sindicato das Empresas de Promoção, Organização, Produção e Montagem de Feiras, Congressos e Eventos do DF (Sindeventos). O encontro ocorre, nessa quarta-feira (5), no edifício sede da Fecomércio/DF. O workshop é a primeira ação do Programa Investe Turismo na capital federal.

 

De acordo com o levantamento do ICCA de 2019, ano base 2018, o Distrito Federal é a quarta cidade que mais recebe eventos no Brasil, ficando atrás de Foz do Iguaçu (PR), São Paulo e Rio de Janeiro. “O Turismo de Eventos é uma importante ferramenta que temos para impulsionar a economia local e gerar empregos. Durante apenas três dias, um congresso com cerca de dez mil turistas pode movimentar R$ 9 milhões na economia local e gerar milhares de empregos”, afirma a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça.

 

Com mais de 50 atividades, o Turismo está incluído no eixo econômico do Plano Estratégico do Distrito Federal 2019-2023, que tem como objetivo aumentar a competitividade da federação em relação aos estados brasileiros. Para se chegar a essa meta, o GDF tem como uma das prioridades ampliar a quantidade de eventos na cidade. Prova é que em 2021, Brasília sediará a 35ª Assembleia-Geral da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (Uccla). No ano seguinte, será a Capital Ibero-americana da Cultura, selecionada pela União das Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI).

 

A oficina tem o objetivo de capacitar o trade e de elaborar um planejamento que irá atrair eventos para a cidade. Para isso, usará características positivas da capital e mostrará que a cidade tem infraestrutura, conectividade e logística. A equipe também irá trabalhar em parceria com o trade turístico na captação e promoção de eventos técnicos, científicos, esportivos e culturais. “Com esse trabalho conjunto surgirão novas oportunidades e negócios que irão aumentar o fluxo do turismo receptivo nacional e internacional”, destaca Vanessa Mendonça.

 

Investe Turismo – Brasília faz parte de uma das 30 rotas do Investe Turismo. Com o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, a cidade comporá a rota com os municípios de Alto Paraíso e Cavalcante, ambos na Chapada dos Veadeiros (GO). O Encabeçado pelo Ministério do Turismo, Embratur e Sebrae Nacional, o programa, lançado no final de maio, selecionou 158 municípios brasileiros que serão beneficiados com um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para o setor de Turismo. O investimento inicial será de R$ 200 milhões. A ideia é que os projetos a serem implementados aumentem a qualidade da oferta turística das rotas selecionadas em todas as regiões brasileiras.