Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/07/19 às 11h19 - Atualizado em 6/08/19 às 12h13

População recebe Catetinho revitalizado

COMPARTILHAR

GDF concluiu as obras da primeira residência oficial de Brasília

 

Fotos Luís Tajes/Setur-DF

 

Turistas e brasilienses poderão voltar a usufruir do Museu do Catetinho. O Governo do Distrito Federal concluiu as obras de revitalização e restauração da primeira residência oficial do ex-presidente e fundador de Brasília, Juscelino Kubistchek. A reforma faz parte das ações que o governo da capital do Brasil irá realizar para comemorar os 60 anos de Brasília, que serão comemorados em 21 de abril de 2020. Até lá, monumentos e atrações turísticas da cidade serão restaurados e modernizados.

 

“Tenho muito carinho por esses pontos porque eles representam um Brasil pujante. Brasília se tornou o grande centro de integração nacional. Aqui todas as culturas se aportaram e aqui se fixaram. Esse prédio simples significa um Brasil simples que existia à época”, disse o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

 

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, destacou que os pontos turísticos da cidade estão sendo revitalizados para que os moradores de Brasília e turistas brasileiros e estrangeiros possam conhecer melhor a história da cidade que foi a mais jovem a receber o título da Unesco de Patrimônio Cultural Mundial. “A nossa cidade capital está sendo valorizada cada vez mais pelo nosso governo. Estamos no centro do país. O Brasil começa aqui e estamos empenhados para que todos brasileiros possam conhecer um pouco da história de seu país por meio do turismo na nossa capital”, enfatizou Vanessa Mendonça.

 

O secretário de Cultura do Distrito Federal, Adão Cândido, disse que o Governo do Distrito Federal tem demonstrado atenção com a história da capital brasileira. “Nossa vinda é pra marcar a retomada do carinho que devemos ter com a cultura da cidade. A recuperação da infraestrutura cultural é e sempre será prioridade da nossa gestão”, afirmou.

 

Catetinho – A construção foi a primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubistchek. Foi nesse local que Juscelino descansava, se reunia e conferia de perto como estava todo o processo de construção de Brasília.

 

A capital brasileira foi erguida em cerca de mil dias. A construção do Catetinho, em 10 dias. Inaugurado em novembro de 1956, esse foi o primeiro projeto de Niemeyer para Brasília e o único feito todo em madeira pelo arquiteto. Em 1959, antes mesmo de Brasília ser inaugurada, o Catetinho foi tombado pelo então Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, atual Iphan.

 

A visitação aberta ao público permite o acesso à suíte presidencial, quarto de hóspedes e à cozinha utilizada por JK, entre outros espaços. “Temos a certeza que nossa cidade nasceu e foi pensada aqui. JK se reunia com as pessoas mais próximas a ele”, informou a secretária de Turismo do DF.