Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/03/20 às 18h53 - Atualizado em 20/03/20 às 18h54

Ministério do Turismo e Fornatur apresentam ações emergenciais

COMPARTILHAR

Secretaria de Turismo do DF esteve presente em reunião com o governo federal e representantes dos 26 estados do país

 

ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, se reuniu nesta quinta-feira (19), por videoconferência, com os secretários e dirigentes estaduais de turismo de todos os 27 estados do país que compõe a Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur). Foi apresentado aos líderes públicos do setor as ações em andamento e já realizadas pelo Ministério do Turismo para minimizar os efeitos da pandemia do coronavírus na cadeia turística. As medidas serão implementadas em cronograma que está sendo definido.

 

O ministro do Turismo, Álvaro Antônio, destacou a força que a Pasta tem dado para capitanear recursos e benefícios que assegurem a manutenção do setor. “Para vocês entenderem de uma forma abrangente, estamos trabalhando em 3 linhas de frente: relações trabalhistas, liberação de crédito e a relação entre empresas e consumidores. Vamos precisar da parceria de vocês e estudarmos uma forma de trabalharmos juntos para fazer a retomada do turismo”, disse.

 

Também estiveram presentes os secretários: Executivo, Daniel Nepomuceno; de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, William França; de Integração Interinstitucional, Bob Santos; e o secretário-executivo adjunto, Higino Vieira.

 

Durante a reunião, os representantes do Fornatur solicitaram posicionamento do MTur na elaboração e implementação de ações de comunicação com orientações uniformes e estratégicas de atuação. O secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do MTur, William França, afirmou que a Pasta está trabalhando numa campanha publicitária digital. “Vamos focar na campanha ‘Não cancele, remarque’. É para que a gente evite a queda das empresas e assegure o direito do consumidor em exercer suas férias ou bilhetes de shows mais adiante”, sinalizou.

 

“É um momento surreal. Temos que encarar com responsabilidade e transparência. Contamos com a ajuda do Ministério do Turismo e da Embratur para alinharmos informações e pensarmos em ações”, disse Bruno Wendling, presidente da Fornatur.

 

A secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, esteve presente e representou o Distrito Federal. “Esse é um momento que precisamos de muita união e colaboração para dividir informações e ações de cada um dos estados. O governador Ibaneis Rocha lançou uma série de medidas efetivas e o crédito é uma questão fundamental nesse momento. O GDF colocou R$ 1 bilhão, por meio do BRB, no setor produtivo e também estamos abrindo a linha de crédito para os pequenos empresários como artesãos e guias de turismo”, reforçou Vanessa Mendonça durante a reunião.

 

A flexibilização de todos os créditos disponíveis para o turismo foi outro ponto abordado. O secretário-executivo da Pasta, Daniel Nepomuceno, destacou as conversas já realizadas com o Ministério da Economia, Caixa Econômica, Banco do Brasil e demais bancos de fomento. “Estamos buscando linhas de crédito junto aos entes federais para garantir capital de giro e fluxo de caixa das empresas e a manutenção de milhares de empregos para os brasileiros”, concluiu.