Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/05/21 às 21h40 - Atualizado em 17/05/21 às 10h20

Guia LGBT será produzido pelas Secretaria de Justiça e Secretaria de Turismo

COMPARTILHAR

O Guia Friendly será direcionado a Instituições e turistas LGBT estrangeiros e brasileiros

 

Por Sejus-DF

 

 

Publicado na quinta-feira, (6), no Diário Oficial do GDF, a Portaria Conjunta Nº 03, entre a Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUS) e da Secretaria de Turismo que firma parceria para elaboração e publicação do Guia Friendly LGBT. O Guia será direcionado à Instituições e turistas LGBT estrangeiros e brasileiros, assim como familiares, amigos, cônjuges e acompanhantes, pessoas jurídicas voltadas ao comércio e turismo e Instituições públicas.

 

O Guia Friendly será desenvolvido pelas duas Pastas responsáveis pelas pautas LGBT e turismo, respectivamente, e pela importância do seguimento LGBT na economia brasileira e global. Entre os objetivos estabelecidos para a realização do trabalho, estão a promoção de ações de sensibilização e articulação com atores estratégicos relacionados ao tema “Turismo LGBT”.

 

Com inúmeras informações para o trade turístico, o Guia trará ainda, orientações de para Hotéis, Agências de Viagens especializadas em Congressos, Transportadoras Aéreas, Marítimas e Terrestres, preparando-os para bem receber os integrantes do segmento LGBT, além disso, terá indicação dos destinos pré-determinados, como os receptivos devem atuar, assim como o setor gastronômico e outros equipamentos voltados ao turismo.

 

Dados do IBGE de 2020 apontam que a população formada por pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais autodeclaradas, alcança, em média 10%, sem contar com pessoas Trans, dentre outras nuances de gênero e sexualidade.

 

Assim, somando as identidades não catalogadas, a população LGBT é composta de no mínimo 10% das populações, que transformando em números, existem no mínimo, quase 22 milhões de pessoas LGBT no Brasil, um número bastante expressivo para o comércio e o turismo.

 

A secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, destaca que esta parceria com a Secretaria de Turismo é muito importante. “ A elaboração deste Guia, voltado ao público LGBT é relevante e didático, não só para o público alvo, mas principalmente para quem não conhece a temática. Quando oferecemos a oportunidade de conhecimento, e levamos informação para população, reduzimos as chances de violações de direitos, de agressões, de homofobia, que tem afetado constantemente as pessoas LGBT. Todas as formas de combater violência, seja por meio de parcerias ou por efetivação de políticas públicas, que garantam os direitos de homens e mulheres LGBTS, são válidas e necessárias”.

 

Segundo dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), o público LGBT corresponde a 10% dos viajantes do planeta. Só nos Estados Unidos estima-se que o setor movimente cerca de US$ 65 bilhões. Para a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, a elaboração desta portaria conjunta demonstra o esforço do GDF em promover cada vez mais políticas públicas inclusivas. “Brasília é a capital de todos os brasileiros. E nada mais importante do que oferecermos a melhor experiência, de forma qualificada, para todos os segmentos. A elaboração dessa portaria conjunta com a Secretaria de Justiça reforça e consolida o esforço do nosso Governo em implementar políticas públicas voltadas para a promoção da hospitalidade e prestação de serviços, especialmente por meio do Guia Friendly LGBT. Desejamos oferecer serviços e experiências cada vez melhores a todo esse segmento”.

 

Poderão ser convidados a participar das reuniões do Grupo de Trabalho representantes de outros órgãos e entidades da administração pública e de entidades privadas, bem como pessoas físicas com expressivo conhecimento da temática LGBT relacionadas ao Turismo.

 

Dentre as competências estabelecidas à SEJUS, a Pasta deve participar das reuniões, por meio de seus representantes; decidir sobre a metodologia aplicada nas ações decorrentes desta Portaria Conjunta, manter permanente contato com a Secretaria de Turismo para acompanhar e dar suporte técnico e dar suporte no que se refere à temática LGBT, por meio de sua área técnica.

 

À Secretaria de Turismo fica estabelecido que a Pasta deve dar suporte no que se refere à temática turismo, por meio de suas áreas técnicas; definir, em conjunto com a Secretaria de Justiça, conteúdos que poderão ser inseridos no Guia Friendly LGBT; produzir material publicitário direcionado aos públicos e promover a divulgação desta Portaria.