Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/13 às 19h20 - Atualizado em 8/11/13 às 19h23

Agnelo acredita na escolha de Brasília

COMPARTILHAR

Junto com comitiva, chefe do executivo visitou espaço que promove a capital como candidata a Universíade 2019

O governador Agnelo Queiroz disse hoje, em Bruxelas, na Bélgica, ter grande esperança de que a capital do Brasil será a escolhida, sábado (9), às 16h (horário de Brasília), para sediar em 2019 a Olimpíada Universitária de verão, Universíade, evento que reunirá cerca de 20 mil atletas do mundo inteiro.

Ele destacou o apoio de Dilma Rousseff, que considerou a competição muito importante para o Brasil e para Brasília durante o encontro que reuniu em outubro o governador do DF, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo e representantes da Federação Internacional de Esportes Universitários (Fisu).

O governador acredita que a cidade se preparou adequadamente para o evento, pois já terá realizado a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e as Olimpíadas de 2016. “Os investimentos estruturais já estarão prontos, portanto nós vamos nos dedicar daqui até lá no desenvolvimento do desporto universitário e na concretização da Vila Olímpica da UNB, que é um sonho do povo brasiliense, numa parceria com a iniciativa privada”, completou.

Agnelo considera a disputa com Budapeste “uma verdadeira guerra”, mas acredita que as chances são muito grandes. “Trabalhamos muito para isso, mas temos que aguardar o resultado, pois a batalha é grande e dura e somente depois de apurarmos os votos poderemos comemorar, mas estamos otimistas”, finalizou.

Espaço Brasília

No começo da manhã a comitiva formada por 55 pessoas do Governo Federal, Distrital, atletas, entidades esportivas e iniciativas privadas visitou o stand de Brasília para a Universíade 2019, no hotel Dolce La Hulpe, coordenado pela Setur-DF.

Montado com o apoio do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) o estande receberá membros da Fisu, visitantes, agentes e operadores de viagem e a imprensa local especializada em turismo. Haverá distribuição de guias com informações turísticas e culturais da capital federal e livro do Ministério do Esporte voltado para o Programa Segundo Tempo, que promove ações para que haja inclusão social por meio do esporte, além da entrega de brindes e souvenir a todos os visitantes.