Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/12/19 às 14h22 - Atualizado em 12/12/19 às 14h24

Festival Curta Brasília exibe 100 produções nacionais e internacionais

COMPARTILHAR

Evento começa hoje (12), no Cine Brasília, irá homenagear a America Latina e fomentar a economia criativa e o turismo cinematográfico da cidade

 

De hoje (12) a domingo (15), o tradicional Cine Brasília receberá o Festival Curta Brasília. Em sua 8ª edição, irá exibir e premiar as melhores produções da área e videoclipes produzidos entre 2018 e 2019. Nesta edição, os conceitos “Empatia, Ciclos e Conexões” permeiam a programação trazendo o cinema como instrumento de reflexão e diálogo.

 

O Festival é uma realização da Sétima Produções Culturais, com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), Secretaria de Cultura e Economia Criativa; patrocínio da Embaixada da Holanda, apoio do Institut Français, Embaixada da França, Novembre Numérique, Fundo Brasil, Fecomércio, Sesc, Sebrae e Secretaria de Turismo do DF.

 

A América Latina será homenageada por meio da Mostra CurtameMucho, o programa de curtas-metragens apresenta um panorama Latinoamericano e Caribenho rico em paisagens, crenças, culturas e histórias. Durante os dias de evento, irá receber a comunidade latino-caribenha presente na capital, e, fazendo jus a homenagem, o hall de entrada do Cine Brasília, terá como uma trilha sonora dedicada ao território.

 

“É uma honra para a Secretaria de Turismo estar presente no Festival. Isso fortalece a economia criativa de Brasília e o turismo cinematográfico. Na minha jornada profissional, sempre acreditei no poder do cinema para alavancar o Turismo. Na tela, os cenários das produções audiovisuais têm o poder de estimular o espectador a conhecer destinos ainda desconhecidos ou ampliar a divulgação e promoção de atrativos históricos, culturais e naturais, exibidos dentro e fora do Brasil”, disse Vanessa Mendonça, secretária de Turismo. Em sua passagem pelo Ministério do Turismo, Vanessa Mendonça coordenou o Grupo de Turismo Cinematográfico, que teve como objetivo propor políticas e planejar ações para o desenvolvimento do segmento, impulsionando o turismo nos destinos nacionais e a economia criativa relacionada a esse nicho de mercado.

 

O valor de mercado das indústrias criativas e culturais no mundo representa 3% do PIB Mundial, ou seja, R$ 2,25 milhões que são movimentados por quase trinta milhões de pessoas que atuam nesse mercado nos quatro cantos do planeta.  No Brasil, a economia criativa gera renda para 852 mil pessoas e Brasília ocupa a terceira posição quando o assunto é geração de empregos nesse setor.

 

“O Festival valoriza Brasília como personagem e cenário, somos um ponto de encontro nacional e internacional. Essa maratona de quatro dias de evento irá transformar o Cine Brasília e a nossa cidade para festejar a diversidade e o cinema. Também vamos ter uma feira de design e economia criativa para valorizar o mercado local”, reforça Ana Arruda, diretora do Festival.

 

Realidade virtual

O evento também se consolida como uma referência em novas tecnologias e narrativas, trazendo conteúdos de realidade virtual produzidos em coprodução com outros países e experiências interativas de mais de 6 países. A produção brasiliense terá destaque com a experiência transmídia Terra dos Ekitumans – com cenografia imersiva exclusiva e ampliada para o Festival, contando com realidade aumentada, games, quadrinhos e narrativas transmídia.

 

Mostras competitivas

Mostra Nacional

Foram selecionados 30 filmes – dentre mais de 1300 inscritos de todas as regiões – que retratam amplamente o país, divididos em seis programas que abraçam diferentes propostas estéticas, conectando-as à pluralidade de conteúdos análogos. A Mostra tem coordenação de curadoria de Arthur B. Senra e comissão formada pelos profissionais André Novais Oliveira, Daiane Rosário, João Paulo Procópio, Michelline Helena, Tetê Mattos e Thay Limeira.

 

Mostra Decibéis

A tradicional Mostra Decibéis apresenta 14 videoclipes que vibram a variedade de gêneros musicais, com curadoria dos profissionais Conrado Almada e Priscila Melo. Clipes de artistas como Gilberto Gil, Xênia França, Bayana System e Thiago Petit serão exibidos na tela grande do Cine Brasília no sábado à noite, às 23h. A Mostra será apresentada pelo artista André Gonzales.

 

Mostras especiais

Além das mostras competitivas, o Curta Brasília trará seis mostras especiais, são elas: Cine Tormenta, que celebrará a sexta-feira 13, apresentando curtas que abordam o universo do terror para debater temas fictícios ou reais; A Surdocine, que propõe um intercâmbio de percepções e experiências entre público surdo e ouvinte; Tesourinha, composta exclusivamente por produções do Distrito Federal; Calanguinho, especialmente para o público infantil; CurtameMucho, que homenageia a América Latina e o Caribe; Europa em curtas, composta por sete curtas de quatro países (Espanha, França, Holanda e Suíça); e Provocações, sessão com filmes que trabalham temas polêmicos. Além do Espaço CVRTA XR, montado na área externa do Cine Brasília, que apresentará curtas-metragens nacionais e internacionais com diversas experiências inéditas e gratuitas. O tema desta edição é a interação entre humanos, cyborgs e natureza por meio de tecnologias XR e narrativas imersivas.

 

Mostra Itinerante

Gira Curta 

Desde o dia 25 de outubro, o Festival Curta Brasília vem realizando em cineclubes, centros culturais, escolas e universidades a Gira Curta, sua mostra itinerante, que está circulando por todo o Brasil. A iniciativa antecipa o Festival, fortalecendo os espaços de exibição e de debates que contribuem para formação de público, difusão e incentivo local e nacional das produções cinematográficas, disponibilizando filmes e videoclipes ao público de forma gratuita, até o dia 15 de dezembro.

 

Atividades Paralelas

CVRTA VR e Fórum XR – cinema e realidade extendida

Criado para ser um ponto de encontro internacional e para potencializar debates sobre mercado, tecnologias e narrativas em XR, o tema desta edição é Políticas da Natureza – como a tecnologia pode servir ao meio ambiente, em diálogo com as experiências imersivas no Espaço XR, trazendo profissionais e projetos nacionais e internacionais que dão um panorama da questão, dialogando com a cenografia interativa e com mais de 10 experiências de realidade virtual do Espaço CVRTA XR.

 

O Fórum XR contará com a presença de representantes nacionais e internacionais do coletivo PoN (PoliticsofNature) que apresentam resultado da coprodução Brasil-Holanda na ocasião; empresas de Brasília, como o TreeHouseStudios e a Caixote Histórias Imersivas; pesquisadores e artistas de projetos ambientais como ABROLHOS360 – Bahia e o Virtual Planet, California – EUA; integrantes do XRBR – Hub Brasileiro de X-Reality, dentre outros profissionais e convidados.

 

Atelier de realidade virtual 

Em novembro, o Curta Brasília trouxe o festival digital NovembreNumérique, em parceria com o InstitutFrançais, com a presença do professor e realizador de VR francês DamienGirès na realização de atelier teórico e prático, com produção de 3 curtas em VR. Os filmes poderão ser vistos no CVRta VR, área externa do Cine Brasília.

 

Animando com Pixilation

E neste mês, entre 10 e 13 de dezembro, o Festival Curta Brasília vai promover a oficina Animando com Pixilation e outras técnicas, com o premiado diretor e animador Rodrigo EBA!, onde os participantes terão a oportunidade de aprender em quatro aulas, como produzir e explorar técnicas de animação em pixilation de um jeito bem divertido.

 

Debates  

Já no sábado e no domingo, o festival fará rodas de debates sobre a importância da produção audiovisual feita e protagonizada por pessoas surdas; Políticas públicas para o audiovisual: conjuntura, diálogos e construções possíveis; Vivências audiovisuais e novos rumos.

 

Praça Cultural 

Em parceria com o Limonada Project, durante os dias de festival, uma feira será montada para valorizar a economia criativa local, com roupas, acessórios, alimentos e objetos de decoração produzidos por artistas e designers de Brasília.

 

Premiação

O Festival Curta Brasília, por meio do Júri Oficial e do Júri Popular, concederá aos filmes vencedores o Troféu CURTA BRASÍLIA, além de prêmio em dinheiro, nas seguintes categorias:

Prêmio do Júri Oficial para o melhor curta-metragem da Mostra Competitiva de Curtas: R$ 6.000,00 (seis mil reais);

Prêmio do Júri Popular para o melhor curta-metragem da Mostra Competitiva de Curtas: R$ 6.000,00 (seis mil reais);

Prêmio do Júri Oficial para o melhor videoclipe na Mostra Decibéis – Competitiva de Videoclipes: R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais);

Prêmio do Júri Popular para o melhor videoclipe na Mostra Decibéis – Competitiva de Videoclipes: R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais);

Prêmio do Júri Popular infantil para o melhor curta-metragem da Mostra Calanguinho: R$1.500,00 (mil e quinhentos reais).

 

O Festival Curta Brasília, por meio do Júri Oficial, concederá o “Troféu CURTA BRASÍLIA”, sem prêmio em dinheiro, para os filmes premiados nas seguintes categorias:

Melhor Direção;

Melhor Roteiro;

Melhor Fotografia;

Melhor Atuação;

Melhor Montagem;

Melhor Som.

 

Serviço

 

8° edição do Festival Curta Brasília

Onde: Cine Brasília (106/107 Sul)

Quando: 12 a 15 de dezembro

Entrada franca