Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/02/13 às 20h50 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Conselheiros fortalecem nova forma de trabalho do Condetur

COMPARTILHAR

Na 26ª reunião ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Turismo do Distrito Federal (CONDETUR-DF) os representantes das entidades públicas e privadas que trabalham em prol do desenvolvimento desse segmento deram continuidade ao debate sobre o funcionamento do conselho e o papel de seus membros.

Os 25 conselheiros e 16 convidados que se reuniram na manhã desta quarta-feira (27) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães tiveram como eixo do debate a priorização das ações para o desenvolvimento do turismo no Distrito Federal. “Aqui estão, sem dúvida, as pessoas que decidem o turismo de Brasília, que movimentam essa economia e que querem ser ouvidos. É preciso parabenizar a secretaria por ter aberto essa nova forma de debate que nunca aconteceu dentro do Condetur”, disse Fernando Chaves, representante da Federação dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade do Distrito Federal (Fetratuh-DF).

Ao final do dia o grupo saiu com estratégias traçadas e responsáveis definidos para cada uma delas. “Tivemos aqui hoje discussões para o bem e para o crescimento do conselho e da participação dos conselheiros. Espero que a gente consiga dar bons encaminhamentos e com isso fortalecer este grupo, porque também é papel da secretaria de Turismo apoiar as ações das entidades de fazem parte do Condetur”, declarou o secretário de Turismo, Luís Otávio Neves.

O Condetur é um colegiado de caráter consultivo e propositivo e órgão superior de assessoramento da Secretaria de Turismo (SETUR-DF) para assuntos diretamente relacionados à atividade turística no Distrito Federal. Ele tem como missão contribuir para o desenvolvimento do turismo sustentável, por meio da articulação dos setores governamental, empresarial e da sociedade civil organizada e da proposição, análise, monitoramento e validação de planos e projetos consonantes com a Política de Turismo do Distrito Federal. No ano de 2013, a Setur-DF começou a buscar novas formas de funcionamento que garantam uma maior participação e interatividade dos conselheiros.