Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/04/19 às 15h20 - Atualizado em 29/04/19 às 19h47

Congresso do Convention & Visitors Bureaux reúne principais lideranças do Turismo Nacional

COMPARTILHAR

A secretária Vanessa Mendonça participou hoje da abertura do 11º Congresso Brasileiro de Convention & Visitors Bureaux na Câmara dos Deputados. O evento reúne autoridades e especialistas ligados ao turismo para discutir boas práticas de empresas e do governo voltadas à captação e à realização de evento.

 

“O turismo é uma indústria que gera milhares de empregos”, ressaltou Vanessa em sua fala. Eventos como esse fortalecem o turismo de Brasília, que tem abraçado, a cada dia, sua vocação para a geração de negócios e movimentação da cadeia econômica.

 

 

Os principais líderes nacionais prestigiaram o evento. Entre eles, o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Daniel Nepomuceno, o deputado e presidente da Frente Parlamentar do Turismo, Herculano Passos, o presidente interino da Embratur, Leônidas Oliveira, o presidente do CV&B, Márcio Santiago e o presidente do Conselho de Turismo da CNC, Alexandre Sampaio. O ex-ministro do Turismo Marx Beltrão falou sobre a importância da liberação do visto para turistas de origem dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão.

 

11º Congresso Brasileiro C&VBx – O encontro discute boas práticas corporativas e governamentais voltadas para a captação e realização de eventos. Os C&VBx são escritórios que promovem os destinos brasileiros dentro e fora do país, com o objetivo de captar congressos, feiras, exposições e convenções, entre outros eventos, para dinamizar o fluxo de visitantes e movimentar a economia do turismo.

 

Os Convention & Visitors Bureaux (C&VBx) são estruturas independentes, não governamentais, sem fins lucrativos, com a missão de promover o desenvolvimento econômico e social do destino que representa, principalmente através do incentivo e fomento da indústria do turismo de eventos. OS C&VBx atuam no planejamento, promoção, apoio, captação e geração de eventos, além do incentivo ao turismo de entretenimento e lazer para destinos em formação ou já consagrados pelo turismo.