Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/02/18 às 18h48 - Atualizado em 26/02/18 às 17h49

Começa montagem de estrutura do 8º Fórum Mundial da Água no Mané Garrincha

COMPARTILHAR

A menos de um mês do início do 8º Fórum Mundial da Água, a montagem da estrutura está em ritmo acelerado. No Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, é erguida a armação metálica que sustentará as tendas onde ficarão a Vila Cidadã, a feira, a exposição e a área de credenciamentos.

Em 15 dias de atividade, mais de 50% das obras foram executadas. A etapa atual abrange os pilares metálicos e a formação do piso. Eles são a base para a colocação da cobertura — quatro tendas do tipo galpão —, que está em fabricação e soma 40 mil metros quadrados de área. A expectativa é que o espaço esteja pronto na primeira semana de março.

 

A obra é de grande porte, compatível com a dimensão do evento, como destaca o diretor-executivo do fórum, Ricardo Andrade. “É a Copa do Mundo da Água, em que teremos a oportunidade de discutir temas relacionados à gestão dos recursos hídricos de forma ampla”, compara.

 

Apenas a área da exposição compreende 12 mil metros quadrados, o equivalente a dois campos de futebol. A área da feira e da Vila Cidadã, por sua vez, terá acesso gratuito mediante credenciamento.

A montagem da estrutura, no Mané Garrincha, é executada pela Premier Eventos. A empresa foi contratada pela Agência Nacional de Águas (ANA) por meio de licitação do tipo ata de registro de preço.

 

Essa modalidade garante a escolha do menor preço oferecido — nesse caso, custo total de R$ 4.766.553,99. A ata foi publicada no Diário Oficial da União de 25 de janeiro de 2018.

 

O governo de Brasília, por sua vez, é responsável pela readequação do Centro de Convenções Ulysses Guimarães. No local, ocorrerão abertura e encerramento do encontro, palestras e painéis com representantes internacionais.

 

O fórum é orçado em R$ 80 milhões, dos quais R$ 50 milhões são custeados pelos governos de Brasília e federal. No Centro de Convenções, a colocação da estrutura começa em 26 de fevereiro.

 

 

Inscrições para o fórum estão abertas
Quem quiser acompanhar os debates no Centro de Convenções pode se inscrever por meio do site oficial do evento, na aba Inscrições. Os ingressos dão direito à participação da abertura, do encerramento, das sessões do evento, dos almoços e dos eventos culturais na exposição e na feira.

O segundo lote será vendido até 28 de fevereiro. Brasileiros e cidadãos de países que não integram a Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) têm 50% de desconto no cadastro.

 

Estudantes contam com abatimento de até 80% na adesão. A partir de 1º de março, começa a venda do terceiro lote de ingressos.

 

O que é o Fórum Mundial da Água
Criado em 1996 pelo Conselho Mundial da Água, o fórum foi idealizado para estabelecer compromissos políticos acerca dos recursos hídricos.

 

Em Brasília, ele é organizado pelo Conselho Mundial da Água, pelo governo local — representado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa) — e pelo Ministério do Meio Ambiente, por meio da Agência Nacional de Águas (ANA).

 

O encontro global ocorre a cada três anos e já passou por: Daegu, Coreia do Sul (2015); Marselha, França (2012); Istambul, Turquia (2009); Cidade do México, México (2006); Kyoto, Japão (2003); Haia, Holanda (2000); e Marrakesh, no Marrocos (1997).

 

8º Fórum Mundial da Água

De 18 a 23 de março

No Centro de Convenções Ulysses Guimarães e no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

Inscrições abertas no site oficial do evento