Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/04/13 às 18h06 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Começa a festa dos 53 anos de Brasília

COMPARTILHAR

Rodoviária do Plano Piloto é palco de shows musicais e sarau de poesia

O Governo do Distrito Federal deu início às comemorações do aniversário de Brasília, que completa 53 anos no domingo (21/4). Centenas de pessoas assistiram, ontem (15), ao recital de poesias e apresentações musicais na plataforma inferior da Rodoviária do Plano Piloto.

Durante a tarde, houve shows de baião, forró pé de serra e rap. O espaço reservado para as apresentações permanece no local durante toda a semana com poesias recitadas por Lília Diniz, Cacá, Tribo das Artes, Radicais Livres, Nicolas Behr, Marcio Bonfim, Rodrigo Vivar, Adeilton Lima, entre outros, das 12h às 14h. O evento também homenageia o centenário de nascimento do poeta Vinícius de Moraes.

O subsecretário de Políticas e Promoções Culturais, da Secretaria de Cultura, Dorival Brandão, destaca que esse projeto de incentivo à cultura local ocorre constantemente em todas as cidades do DF, como uma prioridade do governo Agnelo Queiroz.

“Cerca de 30 artistas locais se apresentarão durante esta semana. Todos esses coletivos de poesia e os grupos musicais participam de eventos em todas as cidades do DF diariamente. Além disso, muitos fazem sucesso nacional, e isso valoriza ainda mais a nossa cultura”, ressaltou.

O público também pode recitar poesias, cantar, dançar. Basta apresentar a proposta ao coordenador do evento, ser de composição brasileira ou brasiliense, homenagear Vinicius de Morais ou ter sido composto por ibero-americano.

Para o escritor e poeta paraense Luiz Felipe Vitteli, Brasília é um palco de mutações. Ele explica que há 44 anos, período que reside na capital do país, a cidade oferece “um mundo de criações”. Durante sua apresentação foi recitada a poesia Notícias de Brasília, que fala sobre todas as regiões do DF, suas peculiaridades e a influência delas para o crescimento da capital.

O bancário Bruno Cabral, 29 anos, morador de Brasília há três anos, diz que apresentações como essas são de grande interesse para o público, além de contribuir para valorizar os artistas locais.

Durante 20 minutos a estudante e secretária Heloísa Fernandes, 22 anos, assistiu aos artistas que homenageavam Brasília. “Não costumo parar para observar as coisas na rodoviária. O nosso dia a dia é muito corriqueiro, mas acho muito legal esses eventos culturais. Não escutava poesia desde a época da escola. Isso tinha de acontecer sempre”, sugeriu.

Juventude – O aniversário da cidade e o título de Capital Ibero-Americana da Juventude – concedido pela Organização Ibero-Americana de Juventude e pela Secretaria Nacional de Juventude da Presidência da República – deram início a ações do Governo do Distrito Federal para ampliar a assistência aos jovens, como a criação dos Centros de Juventude e a instalação do Conselho de Juventude.

 

*Com informações Agência Brasília