Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/09/13 às 18h08 - Atualizado em 11/10/17 às 16h45

Brasília, Patrimônio da Humanidade e dos brasileiros

COMPARTILHAR

Em artigo de opinião, secretário de Turismo reflete sobre o setor no Distrito Federal. De acordo com Neves, Brasília deve ser vivida e comemorada de forma democrática e única. Neste Dia do Turismo, devemos nos lembrar que esta é a capital de todos nós.

O Dia Mundial do Turismo, comemorado em 27 de setembro, surgiu com o desejo de pensar a área como política de desenvolvimento econômico de Estado. Após mais de 30 anos da data de aprovação do Estatuto Social da Organização Mundial do Turismo (OMT), entidade ligada à Organização das Nações Unidas, e com as políticas se percebe um claro crescimento no setor. De acordo com pesquisa do Ministério do Turismo e Fundação Getúlio Vargas, o faturamento médio das empresas do setor aumentou em 4,8% e o PIB do setor de serviços registrou alta de 2,4% no primeiro semestre deste ano.

Os dados também apontam que o Turismo mundial cresceu 5% em relação à chegada de turistas internacionais neste mesmo período, quadro superior ao projetado pela entidade, o que significa 25 milhões dos 494 milhões de turistas internacionais que viajaram pelo mundo de janeiro a junho de 2013.

No âmbito das políticas de Turismo do Distrito Federal, há um quadro de crescente na captação de eventos, congressos internacionais, como as Olimpíadas Mundiais Escolares (Gymnasíade) que ocorre ainda este ano, os sete jogos da Copa Mundial da Federação Internacional de Futebol em 2014, e em longo prazo o Fórum Mundial da Água em 2018, entre outros. Este último, em sintonia com o tema deste ano da OMT Turismo e Água.

Entretanto, é preciso enxergar além, a mudança iniciada em 2011 com as políticas de Estado, privilegia também a participação dos moradores de Brasília. O que se espera é que haja uma consciência de pertencimento a este espaço por meio de incentivos ao desfrute do que a cidade tem a oferecer para os brasilienses.

Nesta semana, tivemos esta experiência dentro da Secretaria de Turismo do Distrito Federal. Propusemos este desafio aos nossos colaboradores, que seguiram pela rota dos principais pontos para enxergarem e aprimorarem o olhar sobre a capital e, de fato, viverem Brasília.

A cidade é cada dia mais bem vista aos olhos estrangeiros, seja por todo o projeto arquitetônico e urbanístico reconhecido mundialmente pela maior área tombada, pelas atrações internacionais. O conjunto de políticas de Turismo deve ser trabalhado em parceria com a sociedade, que se beneficia não pelas mudanças que têm sido feitas na estrutura da cidade, mas pelos serviços prestados aos nossos visitantes.

Brasília deve ser vivida e comemorada de forma democrática e única. Neste Dia do Turismo, devemos nos lembrar que esta é a capital de todos nós. É o berço da nossa política, é grande força motriz da nossa economia, da sustentabilidade e da qualidade de vida. É nossa maior demonstração de patriotismo, esperança e determinação de um povo que persevera e abraça gênios, seja da arquitetura, da gastronomia, das artes ou do governo. Somos Patrimônio da Humanidade e dos brasileiros.

 *Luis Otávio Neves é secretário de Turismo do Distrito Federal e representantes do Fornatur (Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo)