Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/10/13 às 21h02 - Atualizado em 4/10/13 às 21h40

Balé do Maior São João do Cerrado se apresenta nos EUA

COMPARTILHAR

Por meio do projeto Goal to Brasil – Encontros Brasileiros, o corpo de balé Flor do Cerrado, que se apresenta anualmente no Maior São João do Cerrado, vai mostrar um pouco da cultura brasileira e brasiliense nos Estados Unidos

Os 16 integrantes do Balé Flor do Cerrado, que compõe o corpo de dança do Maior São João do Cerrado, desembarcam em Los Angeles e se apresentam, na próxima quinta-feira (10), para promover o que o país tem a oferecer e as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, entre as quais Brasília.

O grupo leva ao exterior um pouco da tradição brasileira das festas juninas, por meio do projeto Goal to Brasil- edição Encontros Brasileiros, promovido pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur).

A Copa do Mundo da Federação Internacional de Futebol (Fifa) é tradicionalmente realizada no mês de junho e o Brasil é o anfitrião do megaevento esportivo de 2014. Na mesma época do ano, é tradição no país as festividades juninas. O destino Festas Juninas será divulgado como uma opção aos turistas, que além do futebol, da arquitetura inovadora de Brasília, também têm terá a chance de aproveitar do que ocorre no país e na Capital Federal.

“O Balé Flor do Cerrado é uma mostra viva da cultura tradicional folclórica nordestina, com misturas contemporâneas para apresentar aos estrangeiros o colorido, os sons e os ritmos de todas as manifestações juninas, misturando forró, xaxado, xote, baião, maracatu, boi bumbá e bumba meu boi, além da beleza das quadrilhas juninas, para apresentar ao mundo a riqueza da nossa diversidade cultural”, conta com entusiasmo a idealizadora do projeto, Edilane Oliveira.

O Maior São João do Cerrado

A proposta do corpo de bailarinos oficial do festival anual “O Maior São João do Cerrado” é divulgar a cultura popular nordestina para o mundo. O Maior São João deste ano fez homenagem ao arquiteto Oscar Niemeyer em um palco 3D com projeções de algumas das principais obras do mestre, como o Congresso Nacional e a Catedral Metropolitana.

Com o tema “Oscar Niemeyer e os candangos nordestinos que vieram construir as obras do mestre”, o arquiteto foi lembrado neste ano. Durante a construção da nova capital, muitos brasileiros de outros cantos do país vieram para Brasília. Dentre os quais, muitos migraram da região Nordeste com desejo de construir uma nova vida na capital.

O Flor do Cerrado, criado em 2011, como o corpo oficial de balé do Maior São João do Cerrado, mistura em ritmos e cores a tradição do Nordeste brasileiro. O espetáculo propõe ao espectador um passeio ao “Brasil Junino”, valendo-se das mais célebres composições do repertório musical nordestino, como: Pau de Arara (Luiz Gonzaga), Petrolina Juazeiro (Banda de Pífano de Caruaru), Feira de Mangaio (Clara Nunes), Olha que isso aqui tá muito bom (Gonzaguinha), Frevo Mulher (Amelinha), Pagode Russo (Luiz Gonzaga), Missa do Vaqueiro (Luiz Gonzaga).

Literatura de cordel, poemas e textos alusivos à nação nordestina misturam-se aos dançarinos que, vez ou outra, promovem intervenções dramatúrgicas de interação com o público.

Ficha Técnica

Coreógrafo: Willy Costa
Figurinista: Herbert Costa
Maquiador: Gustavo Gris
Produção: Célio Joker

Bailarinos:Alan Alves, Ana Oliveira, Diogo Dantas, Felipe de Carvalho, Gabriel Feitosa, Leonardo Marinho, Lidiane Batista, Kiara Rodrigues, Taize dos Santos, Viviane Luiz, Viviane Nascimento, Wellyngton Rodrigues