Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/09/13 às 21h36 - Atualizado em 16/09/13 às 20h28

Aeroporto de Brasília ganha prêmio de melhor apoio ao turista

COMPARTILHAR

De acordo com pesquisa feita durante a Copa das Confederações, capital foi eleita por quase 20 mil como o melhor apoio ao turista

 

Brasília conquistou, entre 19.816 votos computados, o posto de primeira colocada na categoria apoio ao turista, em pesquisa realizada pela internet. O prêmio Boa Viagem, elaborado em pesquisa feita durante a Copa das Confederações, em parceria feita SAC (Secretaria de Aviação Civil) e Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), apontou a excelência da capital em receber turistas.

O secretário de Turismo do Distrito Federal, Luis Otávio Neves demonstrou satisfação com o bom resultado e avalia a participação de Brasília, nesta conquista. “Este prêmio popular é um sinal claro do funcionamento da Centro de Atendimento ao Turista localizada no aeroporto. É importante esta avaliação dos usuários para aprimorar o serviço nos aeroportos e receber bem os nossos turistas. Estamos muito felizes de que os nossos visitantes estão satisfeitos com o atendimento feito pela nossa equipe”

O superintendente do Aeroporto Internacional de Brasília, Carlos Diaz durante a cerimônia de entrega do prêmio, que ocorreu na última terça-feira (10), saudou o esforço conjunto das equipes que atuam no aeroporto. “A coordenação com os outros órgãos que atuam nos aeroportos como o Centro de Atendimento ao Turista foi fundamental para o bom desempenho do aeroporto de Brasília.”, disse durante a cerimônia.

Ao todo serão investidos R$900 milhões até a Copa do Mundo de 2014, “com isso, planejamos uma série de medidas com o objetivo de garantir que a operação do Aeroporto de Brasília fosse eficiente, especialmente considerando a grande quantidade de obras que estamos fazendo”, esclareceu sobre os transtornos.

Metodologia

A pesquisa da internet de Melhor apoio ao turista foi disponibilizada no site entre o período de 10 de junho a 5 de julho, deste ano, durante a Copa das Confederações no país. No site www.portalboaviagem.com.br, por meio de quatro perguntas:. Em qual dos aeroportos listados a seguir, você obteve maiores informações turísticas?; Em qual dos aeroportos listados a seguir, você obteve maior apoio ao turista? ; No caso de estrangeiro, em qual dos aeroportos listados a seguir, você obteve informações no seu idioma?e No caso de pessoa com deficiência, em qual dos aeroportos listados a seguir, você obteve melhores condições de atendimento e acessibilidade?

Nesta categoria, venceu o aeroporto que recebeu, proporcionalmente de acordo com o regulamento da pesquisa as notas mais altas. As pessoas, também, puderam avaliar a qualidade do serviço dos aeroportos das cidades-sede dos jogos em uma pesquisa física. Mais de 4.084 passageiros puderam atribuir notas de 1 a 10 a mais de 20 itens qualitativos, agrupados de acordo com as categorias definidas para o Prêmio Boa Viagem.

Foram consideradas as categorias Check-in, ambiente portuário, controle migratório, controle aduaneiro, inspeção de segurança, restituição de bagagem e satisfação geral. O aeroporto de Guarulhos em São Paulo também entrou na competição, por abrigar as principais conexões de vôos nacionais e internacionais.

Na categoria check-in, feita pela pesquisa o aeroporto de Brasília foi avaliado com a nota 8,49, em uma escala de 0 a 10. “Este prêmio é o reconhecimento da qualidade dos profissionais que trabalham nos nossos aeroportos. Ele marca uma mudança de visão na gestão dos aeroportos no Brasil”, afirmou o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco. “É um pingo d´água bem lançado”, completou o presidente da Embratur, Flávio Dino. “Permite enxergar nossos passos para que possamos aprimorar os serviços”, concluiu.

“Este prêmio é o reconhecimento da qualidade dos profissionais que trabalham nos nossos aeroportos. Todo esse esforço é para garantir a melhoria dos serviços”, disse o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, após o anúncio dos vencedores.

Perfil do entrevistado

A maioria dos passageiros ouvidos na pesquisa para a premiação viajava a lazer quando foi entrevistada: 65%. Outros 31% estavam a negócios. E 66% do total de entrevistados estavam em rotas domésticas, enquanto 34% embarcavam em voos internacionais. Os dados do estudo também revelam a frequência com que os passageiros ouvidos viajavam. A maioria – 32% – tinha voado entre 0 e 2 vezes nos 12 meses que antecederam a entrevista. Outros 35% entre 3 e 5 vezes.